segunda-feira, 3 de março de 2008

CHEQUEI EM CASA... TUDO FOI MARAVILHOSO....

Acordei cedo e vi que o meu varal deu muito certo, pois tava tudo seco. Em Chuy dei uma volta pela cidade e fui fazer algumas compras em Free Shop, comprar uns presentes para a turma lá de casa. Resolvi trocar o pneu da MEL, pois o pneu traseiro já tinha ido pro beleleu. Até dava para ir até em casa, mas como o preço era bem convidativo, pois no Brasil o mesmo pneu custa em torno de 275,00 e eu paquei lá no Paraguai R$ 155,00, com a diferença dava para pagar a gasolina do trecho que falta até em casa, e é claro, vou com muito mais segurança, e minha vida é muito mais importante, e essa descisão foi muito acertada, pois a BR em Santa Catarina tava muito ruim e com muito buraco, além do que senti a moto muito mais segura em retas e nas curvas... Fui até a foz do Rio Chui que é o ponto mais Sul do Brasil, mas não consegui descer da moto para tirar foto, pois o pezinho lateral afundava na areia, tirei umas fotos e me mandeui para a ponte internacional que divide o Brasil do Uruguai, onde passa o rio Chui por baixo, porque na cidade o que divide a fronteira e um canteiro. Dali pra frente foi quase 1000 quilometros até minha casa, e a FAZER se mostrou novamente uma super parceira, pois não parei para nada, somente para abastecer e se mandar, e aí judiei um pouco dela, pois resolvi andar na faixa dos 8.000 giros...








Um comentário:

Anônimo disse...

ola antonio parabens bela viagem, aguardo e-mail heypo@bol.com.br